Excelência… A “Diferença” Que Faz A Diferença!

Excelência… A “Diferença” Que Faz A Diferença!
Os Líderes Excelentes Compreendem A Importância De Ter As Pessoas Certas Nos Lugares Certos Para Obterem A Excelência Tão Desejada Nas Suas Empresas.

Partilha:

Excelência… A “diferença” que faz a diferença!

Este artigo foi escrito pela Dra. Ana Branco para a revista do Diário de Aveiro, PME Aveiro, Excelência e Líder 2015.

Tempos virão em que não poderemos esperar por ninguém. Ou se está no barco ou fora dele

Ken Kesey

Oiçam, não sei mesmo para onde rumar. Mas sei o seguinte: se fizermos subir a bordo as pessoas certas, se as colocarmos nos lugares certos e mandarmos as pessoas erradas borda fora, estaremos em condições de levar o barco a um lugar fantástico.

Os Líderes excelentes compreendem a importância de ter as pessoas certas nos lugares certos para obterem a excelência tão desejada nas suas empresas. São verdadeiros Líderes e compreendem três verdades simples.

Em primeiro lugar, ao começarem com “quem” em vez de “o quê”, adaptam-se mais facilmente a um mundo em rápida mudança.

Em segundo lugar, com as pessoas certas a bordo, desaparece em grande parte o problema da motivação e da gestão dos recursos humanos. As pessoas certas não precisam de ser vigiadas de perto ou despedidas, motivam-se a si próprias por meio de um impulso interior para produzir resultados e participar na criação de uma empresa com valor e excelente.

Em terceiro lugar, se “embarcarmos” com pessoas erradas torna-se irrelevante ter ou não descoberto a direção certa, pois ainda não haverá uma empresa excelente.


É inútil uma visão excelente sem pessoas excelentes.


Mas, estará neste momento a questionar-se (e bem) o que significa ter pessoas excelentes nas organizações?


Essa é a grande questão que ainda reside entre colaboradores e Líderes nas suas empresas.


Hoje em dia ter uma visão empresarial, uma missão, valores e objetivos já não é o suficiente para obter a excelência tão desejada pelas equipas. A excelência exige critérios rígidos de desempenho e devidamente mensuráveis.

As Empresas pretendem a excelência para atingir os resultados. A excelência está diretamente relacionada com o desempenho e o atingir desses mesmos resultados. Qual o veículo para atingir a excelência? As pessoas, sem dúvida; por intermédios das suas tarefas são o principal veículo da excelência onde por detrás está o seu (excelente) desempenho.


desempenho é uma forma de medir a excelência. E alguns empresários do nosso País têm alguma dificuldade de avaliar o desempenho dos seus colaboradores, porque têm também em simultâneo dificuldade em definir os critérios de avaliação de desempenho.


Observando os esquemas abaixo (ver esquemas no ficheiro digital em baixo), poderemos analisar uma forma de medir a excelência através do desempenho relacionada com a Capacidade e a Motivação.


A Capacidade de um profissional está relacionada com o Ser Capaz ou dito por outras palavras o Saber Fazer. Para se Saber Fazer uma tarefa necessitamos de obter conhecimento, experiência e competência das tarefas estes são os três ingredientes para ter a capacidade necessária para a realização da tarefa em questão.

  • O primeiro ingrediente – o conhecimento – poderá ser obtido através do CV, de certificados de presença em cursos, um bom portefólio com cursos e estágios correspondentes.
  • O segundo ingrediente – a experiência – podemos obtê-la com conhecimentos já adquiridos… ex: já tirou um curso na área X; já fez esta tarefa Y.
  • E o terceiro ingrediente – a competência – relaciona a aptidão para a tarefa no momento em que é solicitada.

Falando da Motivação, um dos grandes temas em discussão na atualidade e sob a preocupação dos Líderes, a mesma está relacionada com a vontade ou dito por outras palavras o Quer Fazer ou também o Motivo por detrás da Ação. E como podemos observar no esquema abaixo o entusiasmo, a confiança e o compromisso completam o trio dos ingredientes para a Motivação ou o Querer Fazer.

Analisando este esquemas (Ver esquema no ficheiro digital em baixo), poderemos afirmar que a excelência está relacionada com o máximo desempenho de uma tarefa. Uma pequena diferença em desempenho faz uma tremenda diferença no resultado. Daqui a um ano, todos se irão lembrar do nome do melhor jogador do mundo “Cristiano Ronaldo”, mas com certeza já se terão esquecido dos restantes classificados. E a diferença entre os dois foi mínima. Assim é também na vida: o profissional que está a ganhar três vezes mais, não tem o triplo do conhecimento ou de inteligência. A diferença é mínima, mas é a “diferença” que faz a diferença.


Observando a conjuntura económica, estamos a vivenciar períodos de mudança repentina e de forte exigência pessoal e profissional e a única alternativa que cada indivíduo tem para se manter no mercado é fazer a diferença, é SER EXCELENTE em todas as suas tarefas desempenhadas! Para isso é necessário efectuar uma preparação contínua do seu percurso pessoal e profissional.
Ter uma mentalidade preparada para as mudanças rápidas do sistema é uma vantagem competitiva única!
Haverá outra alternativa nos tempos atuais?

A derradeira sedução na vida é o nosso trabalho

Ana Branco
Ana Branco

Trabalho com profissionais, líderes, empreendedores e gestores de empresas com forte componente comercial e industrial.

Mais artigos

Partilha:

Receber novidades

Ao subscrever está aceitar as nossas politicas de privacidade. Pode remover-se quando quiser.